Próximo Jogo

Próximo Jogo

25/09/2016

Futebol Feminino: Poker de Solange Carvalhas deu o mote para mais uma goleada

A equipa de Futebol Feminino do Sporting Clube de Portugal recebeu a formação do Viseu 2001 ADSC, este Domingo, em partida a contar para a Jornada 2 da Liga Allianz, vencendo o desafio por contundentes 9-0. Ao intervalo, as leoas já venciam confortavelmente por 3-0.

O técnico Nuno Cristóvão fez alinhar a seguinte equipa: Patrícia Morais; Rita Fontemanha, Bruna Costa, Matilde Figueiras e Joana Marchão; Patrícia Gouveia (Catarina Lopes), Fátima Pinto (Nadine Cordeiro) e Tatiana Pinto; Solange Carvalhas (Constança Silva), Diana Silva e Ana Capeta.

Solange Carvalhas (poker), Fátima Pinto, Ana Capeta (bis) e Tatiana Pinto (bis) foram as marcadoras leoninas desta partida.

Na próxima jornada, agenda para as 15h do próximo dia 1 de Outubro, as leoas deslocam-se ao reduto da formação do Clube de Albergaria.

Partilhar:
Ler Post

Formação: Juniores leoninos cimentam liderança no regresso às vitórias | Juvenis leoninos impõem nova goleada à antiga | Iniciados leoninos vencem no Seixal e isolam-se na liderança

  • Juniores (Campeonato Nacional -1.ª Fase - Zona Sul)
A equipa de Juniores do Sporting Clube de Portugal recebeu a formação do CF "Os Belenenses", este Sábado, em partida a contar para a Jornada 8 da Zona Sul da 1.ª Fase do Campeonato Nacional do escalão, vencendo o desafio por 3-0. Ao intervalo,o marcador permanecia inalterado (0-0).

Elves Baldé e Pedro Marques (bis) foram os marcadores leoninos desta partida.

Na próxima jornada, agendada para as 15h do próximo dia 1 de Outubro, os leões recebem a formação do GD Estoril-Praia. Antes, pelas 15h da próxima Terça-feira, dia 27, os jovens leões recebem os polacos do KP Legia Warszawa, a contar para a Jornada 2 do Grupo F da UEFA Youth League.

Classificação & resultados aqui.
  • Juvenis (Campeonato Nacional - 1.ª Fase - Série C)
A equipa de Juvenis do Sporting Clube de Portugal recebeu a formação da Associação Naval 1.º de Maio, este Domingo, em partida a contar para a Jornada 5 da Série C da 1.ª Fase do Campeonato Nacional do escalão, vencendo categoricamente o desafio por 8-0. Ao intervalo, os leões já venciam por 7-0.

Bernardo Sousa (bis), Diogo Brás (hat-trick), Tiago Rodrigues (bis) e Edmilson Santos foram os marcadores leoninos desta partida.

Na próxima jornada, agendada para as 11h do próximo dia 2 de Outubro, os leões deslocam-se ao reduto da formação do UFCI Tomar.

Classificação & resultados aqui.
  • Iniciados (Campeonato Nacional - 1.ª Fase - Série E)
A equipa de Iniciados do Sporting Clube de Portugal deslocou-se ao reduto da formação do arqui-rival SL Benfica, este Domingo, em partida relativa à Jornada 5 da Série E da 1.ª Fase do Campeonato Nacional do escalão, vencendo o desafio por 0-1. Ao intervalo, o marcador permanecia inalterado (0-0).

Rodrigo Rego foi o marcador leonino desta partida.

Na próxima jornada, agendada para as  11h do próximo dia 2 de Outubro, os leões recebem a formação do CAC Pontinha.

Classificação & resultados aqui.
Partilhar:
Ler Post

Modalidades: Andebol leonino permanece 100% vitorioso no Campeonato | Ténis de Mesa leonino vence derby e conquista 11.ª Supertaça

  • Andebol (Campeonato Nacional - Andebol 1)
A equipa de Andebol do Sporting Clube de Portugal deslocou-se aos Açores, este Sábado, a fim de defrontar a equipa local do SC Horta, em jogo a contar para a Jornada 5 do Campeonato Nacional de Andebol 1, vencendo o desafio por 18-27 . Ao intervalo, os leões venciam por 9-11.

Carlos Ruesga (5); Pedro Solha e Janko Božović (4); Pedro Portela e Michal Kopčo (3); João Paulo Pinto e Ivan Nikčević (2), Igor Žabić, Bosko Bjelanovic; Frankis Carol e Francisco Tavares (1) foram os marcadores leoninos desta partida.

Na próxima jornada, agendada para as 21h do próximo dia 28 de Setembro, os leões voltam a jogar fora, desta feita frente ao ABC, em jogo de atraso da Jornada 4 - adiado devido à participação da equipa de Braga na EHF Champions League.

  • Ténis de Mesa (Supertaça Nacional José Manuel Amaro)
A equipa de Ténis de Mesa do Sporting Clube de Portugal disputou este Sábado a Supertaça Nacional da modalidade, frente ao arqui-rival SL Benfica, vencendo a partida por 2-0.

O 1.º desafio opôs Aruna Quadri a Daniel Carvalho, no final, a partida acabou com 3-1 para os leões (6-11, 11-9, 11-5, 11-9).

De seguida, defrontaram-se Diogo Chen e José Monteiro, com um parcial de 3-0 para a equipa de verde-e-branco (11-5, 13-11, 11-8).

No 3.º desafio, Bode Abiodun defrontou o benfiquista Francisco Santos, vencendo o desafio por um parcial de 3-2 (10-12, 12-10, 10-12, 11-9, 11-9).

Assim, o Sporting Clube de Portugal conquista a 11.ª Supertaça Nacional de Ténis de Mesa do seu palmarés.
Partilhar:
Ler Post

23/09/2016

Leão volta às vitórias na goleada caseira ao Estoril

Liga NOS
Sporting CP - 4 - 2 - GD Estoril-Praia

Estádio José Alvalade

Assistência
41 994

Árbitro
João Capela

Titulares: Rui Patrício; João Pereira, Sebastián Coates, Rúben Semedo e Jefferson; William Carvalho e Adrien Silva (cap.); Gelson Martins e Bryan Ruíz; Alan Ruiz e Bas Dost.
Suplentes: Beto; Douglas; Elias; Joel Campbell, Bruno César e Lazar Marković; André.
Fora da Ficha de Jogo: Nada a registar.
Treinador: Jorge Jesus.

Golos:
  • 13' - GOLO de Bas Dost (1-0). Adrien Silva encontra Gelson Martins soltou na direita e o camisola 77 coloca com conta peso e medida para o holandês, que no excelente golpe de cabeça adianta os leões no marcador. É o 3.º golo do ponta-de-lança holandês na Liga NOS e em toda a temporada.
  • 59' - GOLO de Sebastián Coates (2-0). Moreira saiu em falso, após canto de Bryan Ruíz na direita do ataque leonino, Sebastián Coates aproveita salta mais alto do que o guarda-redes e faz o 2-0. É o 2.º golo do defesa-central uruguaio na Liga NOS e em toda a temporada.
  • 63' - BIS de Bas Dost (3-0). Grande passe de William Carvalho, após combinação com André, a desmarcar bem Bas Dost que de pé direito chuta para o 3-0. É o 4.º golo do ponta-de-lança holandês na Liga NOS e em toda a temporada.
  • 85' - Golo de Bruno Gomes (3-1). Contra-ataque do GD Estoril-Praia, Lucas Faria cruza para a área, Bruno Gomes leva a melhor sobre Rúben Semedo e consegue o remate para o 3-1. Reduzem os estorilistas a cinco minutos do final do jogo.
  • 90' + 1 - GOLO de André (4-1). Mais um passe longo e excelente de William Carvalho, desta vez para Bryan Ruíz que coloca na área para André que atira para o fundo das redes. É a estreia do avançado a marcar com a camisola verde-e-branca.
  • 90' + 3 - Bis de Bruno Gomes (4-2). Canto para o GD Estoril-Praia, a bola ressalta na área e chega a João Afonso que assiste Bruno Gomes para o 4-2.
Substituições:
  • 46' - Entra André. Sai Alan Ruiz
  • 73' - Entra Lazar Marković. Sae Bas Dost. O sérvio fica agora no apoio a André.
  • 76' - Entra Elias. Sai Adrien Silva. A braçadeira de capitão fica agora no braço de William Carvalho.
Disciplina:
  • 9' - Falta dura de Paulo Henrique sobre William Carvalho. Para já, escapou à cartolina amarela...
  • 16' - Tesoura de Mateus Oliveira sobre Adrien Silva. João Capela avisa o estorilista.
  • 67' - Nova falta dura, agora de Lucas Farias sobre Jefferson, à entrada da área estorilista. Novamente, João Capela a guardar os cartões amarelos no bolso...

Partilhar:
Ler Post

18/09/2016

45 minutos horrososos ditam derrota copiosa nos Arcos

Liga NOS
Rio Ave FC - 3 - 1 - Sporting CP

Estádio do Rio Ave FC (Arcos)

Assistência
8 315

Árbitro
João Pinheiro

Titulares: Rui Patrício; Ezequiel Schelotto, Sebastián Coates, Rúben Semedo e Bruno César; William Carvalho e Adrien Silva (cap.); Gelson Martins e Joel Campbell; Alan Ruiz e André.
Suplentes: Beto; Jefferson e Paulo Oliveira; Elias; Bryan Ruíz e Lazar Marković; Bas Dost.
Fora da Ficha de Jogo: João Pereira.
Treinador: Jorge Jesus.

Golos:
  • 29' - Golo de Tarantini (1-0). Brilhante o defesa do Rio Ave FC, Roderick Miranda, depois de uma arrancada, fugindo pela esquerda a Adrien Silva, dando um nó cego a Sebastián Coates e cruzando rasteiro para Tarantini encostar.
  • 36' - Golo de Guedes (2-0). Gil Dias recebe de Cássio, pára no peito, roda ainda no meio campo defensivo, arranca pelo centro e isola Guedes que atira cruzado entre Rui Patrício e o poste.
  • 43' - Golo de Gil Dias (3-0). Gil Dias recebe no miolo, abre em Guedes a direita e o avançado vai à linha e cruza. Na área, ao segundo poste, já estava Gil Dias outra vez para encostar.
  • 83' - GOLO de Bas Dost (3-1). Cruzamento de Bryan Ruíz da esquerda, Gelson Martins ao segundo poste cabeceia para o centro da pequena área e Bas Dost solto de marcação marca. É o 2.º golo do ponta-de-lança holandês na Liga NOS e em toda a temporada.
Substituições:
  • 46' - Entram Bryan Ruíz e Bas Dost. Saem Joel Campbell e Alan Ruiz
  • 73' - Entra Lazar Marković. Sai André.
Disciplina:
  • 10' - Falta de Pedrinho sobre Joel Campbell, na esquerda do ataque leonino. O árbitro João Pinheiro avisa o vilacondense. 
  • 13' - Lançamento de linha lateral a favor do Sporting CP que João Pinheiro assinala... ao contrário.
  • 15' - Falta dura de Sebastián Coates sobre Guedes. O árbitro avisa o central uruguaio - manteve o critério.
  • 21' - Falta dura de Tarantini sobre Joel Campbell. O vilacondense escapa à cartolina amarela. 
  • 54' - Cartão amarelo para Bas Dost. Por protestos, após uma falta não assinalada sobre si, por Marcelo. É a 1.ª cartolina amarela do ponta-de-lança holandês esta temporada.
  • 62' - Falta duríssima de Wakaso sobre Adrien Silva. O árbitro João Pinheiro nem sequer assinala a falta. Resultaria num livre directo perigoso para a baliza de Cássio.
  • 70' - Novo lançamento lateral favorável aos leões, mas... assinalado ao contrário.
  • 72' - Mais um episódio da saga dos lançamentos laterais favoráveis ao Sporting CP assinalados ao contrário.
  • 88' - Cartão amarelo para Pedrinho, por suposta falta sobre Adrien Silva. Mal dado, já que a falta é do seu colega Marcelo
  • 90' + 4 - Cartão amarelo para Lazar Marković . Por simular grande penalidade.

Partilhar:
Ler Post

Futsal: Leões conquistam 3.ª Taça de Honra com goleada ao Leões de Porto Salvo na Final

A equipa de Futsal do Sporting Clube de Portugal defrontou a formação do CR Leões de Porto Salvo, esta Sexta-feira, em partida relativa à Final da Taça de Honra da Associação de Futebol de Lisboa, vencendo o desafio por 8-3. Ao intervalo, os leões venciam já por 4-1.

Varela, Diogo (hat-trick), Deo, Cavinato (bis) e Paulinho foram os marcadores leoninos desta partida.

Recorde-se que os leões derrotaram as formações do AMSAC (3-6), nos Quartos-de-Final, e CF "Os Belenenenses" (6-0), nas Meias-Finais da competição.

Partilhar:
Ler Post

Hóquei em Patins: Leões vencem Elite Cup após vitória sobre o Porto

A equipa de Hóquei em Patins do Sporting Clube de Portugal defrontou a formação do FC Porto, este Domingo, em partida relativa à Final da Elite Cup, vencendo o desafio por 3-1. Ao intervalo, o marcador permanecia inalterado (0-0).

André Centeno (bis) e Ferrant Font foram os marcadores leoninos desta partida.

Recorde-se que o Sporting CP derrotou as formações do OC Barcelos (4-1), nos Quartos-de-Final, e SL Benfica (6-7) nas Meias-Finais.

O guardião leonino Ângelo Girão recebeu ainda o prémio de melhor jogador do torneio.

Partilhar:
Ler Post

Formação: Equipa B de João de Deus segue sem vencer | Juniores leoninos perdem 2 pontos em Leiria | Iniciados leoninos atropelam Oeiras

  • Equipa B (LEDMAN Liga Pro)
A formação secundária do Sporting CP recebeu, este Sábado, a formação do Gil Vicente FC, em partida a contar para a Jornada 7 da LEDMAN Liga Pro, empatando o desafio por 2-2. Ao intervalo, o marcador permanecia inalterado (0-0).

O técnico João de Deus fez alinhar a seguinte equipa: Pedro Silva; Ricardo Esgaio, Ivanildo Fernandes, Kiki Koyaté e Pedro Empis; Fidel Escobar (Bilel Aouacheria), Bruno Paulista e Ricardo Guima;  Matheus Pereira e Pedro Delgado (Jovane Cabral); Ronaldo Tavares (Pedro Marques).

Pedro Marques (bis) foi o marcador leonino desta partida.

Na próxima jornada, agendada para as 16h do próximo dia 28 de Setembro, os leões recebem a formação do CD Cova da Piedade.

  • Juniores (Campeonato Nacional - 1.ª Fase - Zona Sul)
A equipa de Juniores do Sporting Clube de Portugal deslocou-se ao reduto da formação do UD Leiria, este Sábado, em partida relativa à Jornada 7 da Zona Sul da 1.ª Fase do Campeonato Nacional do escalão, empatando o desafio por 1-1. Ao intervalo, o marcador permanecia inalterado (0-0).

Nuno Moreira foi o marcador leonino desta partida.

João Pedro Ricciuli acabou expulso por acumulação de amarelos.

Na próxima jornada, agendada para as 15h do próximo dia 24 de Setembro, os leões recebem a formação do CF "Os Belenenses".

Classificação & resultados aqui.
  • Iniciados (Campeonato Nacional - 1.ª Fase - Série E
A equipa de Iniciados do Sporting Clube de Portugal recebeu este Domingo a formação do AD Oeiras, em partida relativa à Jornada 4 da Série E da 1.ª Fase do Campeonato Nacional do escalão, vencendo o desafio por contundentes 10-0. Ao intervalo, os leões venciam já por 4-0.

Úmaro Baldé, Rafael Fernandes, Duarte Quaresma, Rodrigo Costa, Joelson Fernandes (bis), João Daniel e Tiago Tomás (hat-trick) foram os marcadores leoninos desta partida.

Na próxima jornada, agendada para as 11h do próximo dia 25 de Setembro, os leões deslocam-se ao reduto do SL Benfica.

Classificações & resultados aqui.
Partilhar:
Ler Post

17/09/2016

Modalidades: Futsal leonino goleia Belenenses e vai disputar Final da Taça de Honra | Andebol leonino volta a vencer tranquilamente | Hóquei leonino marca presença nas Final da Elite Cup, após derrotar Benfica em jogo electrizante

  • Futsal (Taça de Honra - AF Lisboa - Quartos-de-Final)
A equipa de Futsal do Sporting Clube de Portugal defrontou a formação do AMSAC, esta Sexta-feira, em partida relativa aos Quartos-de-Final da Taça de Honra da Associação de Futebol de Lisboa, vencendo o desafio por 3-6. Ao intervalo, os leões venciam já por 1-4.

Deo, Diogo (hat-trick), Anílton e Cavinato foram os marcadores leoninos desta partida.

Já este Sábado, os leões defrontaram a formação do CF "Os Belenenses", em partida relativa às Meia-Finais da competição, vencendo a partida por inequívocos 7-0. Ao intervalo, os leões venciam por 2-0.

Varela
, Cavinato (bis), Caio Japa, Deo e Diogo (bis) foram os marcadores leoninos desta partida.

A Final, agendada para amanhã, Domingo, pelas 17h, será frente à formação do CR Leões de Porto Salvo, que derrotou o SL Benfica, nas Meias-Finais, por 3-2.


Calendário & resultados aqui.
  • Andebol (Campeonato Nacional Andebol 1)
A equipa de Andebol do Sporting Clube de Portugal recebeu a formação do AC Fafe, este Sábado, em partida relativa à Jornada 3 do Campeonato Nacional de Andebol 1, vencendo o desafio por contundentes 34-22. Ao intervalo, os leões venciam já por 17-10.

Os marcadores leoninos desta partida foram os seguintes: Igor Žabić e João Paulo Pinto (6); Pedro Solha (4); Carlos Ruesga, Francisco Tavares e Janko Božović e Edmilson Araújo (3); Pedro Portela e Ivan Nikčević (2); Frankis Carol e Carlos Carneiro (1).

Na próxima jornada, agendada para as 22h do próximo dia 24 de Setembro, os leões deslocar-se-ão aos Açores, a fim de defrontar a formação do SC Horta.

  • Hóquei em Patins (Elite Cup - Quartos-de-Final + Meia-Final)
A equipa de Hóquei em Patins do Sporting Clube de Portugal defrontou a formação do OC Barcelos, esta Sexta-feira, em partida relativa aos Quartos-de-Final da Elite Cup, vencendo o desafio por 4-1. Ao intervalo, 2-1.

Pedro Gil e Sergi Miras, André Centeno e Tuco foram os marcadores leoninos desta partida.

Já este Sábado, os leões defrontaram o SL Benfica, em partida relativa às Meias-Finais da Elite Cup, vencendo o desafio por 6-7. Ao intervalo, os leões venciam por 1-3.

Sergi Miras (bis), Ferrant Font (hat-trick), Gonçalo Nunes e João Pinto "Mustang" foram os marcadores leoninos desta partida.

A Final está agendado para amanhã, Domingo, pelas 16h ante a formação do FC Porto.

Partilhar:
Ler Post

14/09/2016

Leão esteve perto de gelar o Bernabéu; Madrilenos marcaram 2 golos nos últimos 5 minutos e deram a volta ao resultado (2-1)

UEFA Champions League
(Grupo F)

Real Madrid CF - 2 - 1 - Sporting CP

Estadio Santiago Bernabéu

Assistência
72 179 

Árbitro
Paolo Tagliavento
(Itália)

Titulares: Rui Patrício; João Pereira, Sebastián Coates, Rúben Semedo e Marvin Zeegelaar; William Carvalho e Adrien Silva (cap.), Gelson Martins e Bruno César; Bryan Ruíz e Bas Dost.
Suplentes: Beto; Ezequiel Schelotto e Paulo Oliveira; Elias; Joel Campbell e Lazar Marković; André.
Fora da Ficha de Jogo: Vladimir Stojković; Jefferson, Ricardo Esgaio e Douglas; Bruno Paulista, Radosav Petrović e Marcelo Meli; Matheus Pereira; Alan Ruiz e Luc Castaignos.
Treinador: Jorge Jesus.

Golos:
  • 48' - GOLO de Bruno César (0-1). Bom lance do Sporting CP a começar nos pés de Adrien Silva. Gelson Martins, sobre a direita, combina com Bryan Ruíz, este serve Bruno César que atira cruzado, sem hipóteses para Kiko Casilla. É o 1.º golo da temporada para o brasileiro! 
  • 89' - Golo de Cristiano Ronaldo (1-1). Na cobrança de um livre directo, a castigar falta de Elias sobre o próprio Cristiano Ronaldo. Rui Patrício ainda desviou mas a bola bateu no poste e entrou, caprichosamente. Excelente a atitude de CR7, que pede desculpa pelo golo.
  • 90' + 4 - Golo de Álvaro Morata (2-1). Cruzamento largo de James Rodríguez da esquerda e cabeça de Álvaro Morata na zona central sem hipóteses para Rui Patrício que, mais uma vez, toca na bola mas não impede a reviravolta dos madrilenos.
Substituições:
  • 70' - Entra Lazar Marković. Sai Gelson Martins.
  • 73' - Entra Elias. Sai Adrien Silva. A braçadeira de capitão fica agora no braço direito de William Carvalho
  • 90' + 2 - Entra Joel Campbell. Sai Bryan Ruíz.
Disciplina:
  • 17' - Falta dura de Casemiro sobre Adrien Silva. O árbitro adverte o madrileno, mas não sanciona disciplinarmente. 
  • 37' - Nova falta de Casemiro, novamente sobre Adrien Silva. Por trás. Paolo Tagliavento não quis mostrar a cartolina amarela. 
  • 39' - Falta de Adrien Silva sobre Casemiro. Desta vez, Paolo Tagliavento mostrou a cartolina amarela. Não teve contemplações... É a 1.º cartolina amarela do capitão leonino na UEFA Champions League, e a 2.ª em toda a temporada.
  • 43' - Sebastián Coates corta a bola, numa disputa com Gareth Bale, na esquerda do ataque madrileno. O árbitro entende ser falta do central uruguaio... Critérios, no mínimo, caseiros. 
  • 57' - Cartão amarelo para William Carvalho. Por falta sobre Luka Modrić. É o 1.º cartão amarelo do médio leonino na UEFA Champions League, e o 3.º em toda a época. 
  • 59' - Jorge Jesus recebe ordem de expulsão. Por protestos pelo cartão amarelo mostrado a William Carvalho. Cumprirá a suspensão na recepção aos polacos do KP Legia Warszawa.
  • 65' - Cartão amarelo para Marvin Zeegelaar. Por agarrar Gareth Bale. É o 1.º cartão amarelo do holandês na UEFA Champions League, e o 2.º em toda a temporada.
  • 73' - Offside mal assinalado a Casemiro, na sequência de um canto. Sem influência, no entanto... 
  • 85' - Paolo Tagliavento continua a sua saga de indultos aos jogadores madrilenos. Mais um cartão amarelo perdoado, desta feita a Luka Modrić.

Partilhar:
Ler Post

UEFA Youth League: Boa réplica leonina arranca empate em Madrid

A equipa de Juniores do Sporting CP iniciou esta Quarta-feira a sua campanha na UEFA Youth League 2016/2017 deslocando-se ao reduto da formação do Real Madrid CF, em partida da Jornada 1 do Grupo F, empatando a partida por 1-1. Ao intervalo, o marcador permanecia inalterado (0-0).

O técnico Tiago Fernandes fez alinhar a seguinte equipa: Pedro Silva; João Oliveira (Elves Baldé), João Pedro Ricciuli, Gonçalo Vieira (Nuno Moreira) e Abdu Conté; Bubacar Djaló, Daniel Bragança e Miguel Luís; Bruno Paz e Pedro Ferreira (Rafael Leão); Pedro Marques.

Pedro Marques foi o marcador leonino desta partida.

Na próxima jornada da UEFA Youth League, agendada para as 12h do próximo dia 27 de Setembro, os leões recebem os polacos do KP Legia Warszawa, no CGD Stadium Aurélio Pereira, na Academia Sporting, em Alcochete.

Antes, os leões deslocar-se-ão ao reduto da formação do UD Leiria, em partida da Jornada 7 da Zona Sul da 1.ª Fase do Campeonato Nacional do escalão, agendada para as 17h do próximo dia 17 de Setembro.



Partilhar:
Ler Post

13/09/2016

Como se faz um Campeão?

Como se faz um Campeão?

À semelhança da época passada, a propaganda vermelha continua extremamente activa nesta nova temporada. Se há coisa que os nossos adversários já perceberam é que infelizmente em Portugal não basta ter um bom Treinador ou uma boa equipa para ser Campeão. Existem 3 factores para esse objectivo, sendo a sua conjugação determinante para grande parte dos títulos que fabricaram o palmarés futebolístico em Portugal. A ausência de 1 ou 2 desse factores tornará a conquista do título praticamente impossível.

Sim, é triste não ser apenas o Futebol jogado a determinar os Campeões, mas é esta a realidade suja e mentirosa do nosso Campeonato.

Vejamos quais são os factores a ter em conta:
  • 1º Factor - Qualidade da Equipa e Treinador:
Naturalmente, sem um Treinador competente e uma equipa com soluções e qualidade competitiva as coisas tornam-se mais difíceis. Uma das grandes formas de contornar os outros factores decisivos é ser muito superior em todos os campos, tornando mais difícil a tarefa daqueles que tentam adulterar a verdade desportiva. Como se costuma dizer em outras modalidades, impondo a qualidade e eficácia deixamos de estar “nas mãos dos juízes”. É claro que há excepções, pois os outros factores para determinar o Campeão podem ser tão fortes que até uma equipa de caceteiros pode ser Campeã (basta lembrar o exemplo do Boavista FC e a protecção inacreditável que teve em 2000/2001, por parte dos árbitros).

É neste capitulo que o novo Sporting Clube de Portugal tem feito muito do seu trabalho. Se por um lado é motivo de orgulho para os Sportinguistas sentir que o Clube aposta no factor mais puro, verdadeiro e bonito do Futebol (o factor pelo qual os verdadeiros Campeões deviam ser coroados), por outro é muito desmotivador perceber que isso poderá ser insuficiente num Campeonato onde os jogos fora das quatro linhas continuam a ter um peso decisivo.

Perante a evidência histórica que a qualidade desportiva é muitas vezes subjugada por outros factores externos, coloca-se muitas vezes a questão: será que também nós deveríamos entrar nesses expedientes, usando todos os meios para atingir o objectivo final?

Continuo achar que não vale tudo, que os títulos forjados não têm sumo, que nunca os conseguiria gabar ou exibir orgulhosamente. Para mim seriam mesmo uma mancha. Sempre ouvi dizer que o Sporting CP é um Clube diferente mas, apesar de soar bem esse epíteto, acho que nem sempre é utilizado de forma correcta.

Ser diferente não quer dizer que possamos ser os “betinhos” de serviço - que não reagem, gritam ou dão murros na mesa. Parece que esse “ser diferente” era uma espécie de consolação perante a incapacidade do Sporting CP se superiorizar num Futebol português onde reina a “trafulhice”. É engraçado mas sinto que essa afirmação de diferença faz mais sentido do que nunca. Agora sim, com mais de 40 mil pessoas em Alvalade em todos os jogos, mesmo depois de 14 anos sem vencer o Campeonato, podemos dizer que somos diferentes. Somos diferentes porque vivemos com entusiasmo puro a nossa equipa, somos diferentes porque temos a lucidez de nos mantermos fiéis e não sentir a vergonha de ser um Campeão mentiroso e forjado, que não olha a meios. Nisso somos diferentes. Espero que continuemos a ser, mesmo depois de ganhar.
  • 2 Factor - Árbitros e Órgãos de Disciplina:
Enquanto não forem introduzidas definitivamente as novas tecnologias no Futebol (bandeira do Sporting CP e do nosso Presidente), haverá sempre espaço para o erro e influência directa no resultado desportivo. Por uma expulsão, um golo mal anulado ou um penalty se decidem jogos e, por consequência, Campeonatos.

Não está em causa a possibilidade do erro, ou dificuldade da análise, mas sim a intencionalidade e influência na tomada de decisões. A isto acrescenta-se um processo de nomeações de árbitros que vão para além do bom senso, decisões do Conselho de Disciplina com base em pressões e canais de propaganda, ou o sistema corrupto de interesses por detrás da avaliação dos árbitros (como promoções/despromoções e dinheiro à mistura).

Basta ouvir a conversa entre adeptos do Sporting CP, FC Porto e SL Benfica para perceber quem foi exercendo mais poder neste sector.

Diz o adepto do FC Porto para o adepto do SL Benfica:
Na altura do regime vocês andaram durante anos a fio a ganhar por decreto. Agora voltámos à mesma coisa, com o colinho constante, os vouchers, o Vitor Pereira e os seus Paixões, Ferreiras, Gomes, Capelas, Motas, Batistas, etc…
Responde o adepto do SL Benfica:
Já te esqueceste do apito dourado? Das escutas telefónicas? Da fruta? Dos encontros secretos com os árbitros?
Falta a intervenção do adepto do Sporting CP? Não, não falta, ele simplesmente fica calado, revelando no seu silêncio uma boa parte da história do Futebol português.

A verdade é dura e simples, SL Benfica e FC Porto repartiram entre si o poder, a influência e a manobra da arbitragem em Portugal, com a extensão ao respectivos órgãos disciplinares.

Se em determinado momento o FC Porto parecia ter o controlo total e absoluto, levando inclusivamente a um insurgimento feroz e constante do actual Presidente do SL Benfica (facto amplamente documentado), agora vemos um apito em tons avermelhados, levando naturalmente a uma mudança de postura dos seu dirigentes, mais silenciosos e satisfeitos com a novas cores que invadiram os bastidores do nosso Futebol. Ainda assim, quem ouse ir contra este poder é severamente castigado (vide Marco Ferreira e mais recentemente a "jarra" de Manuel Oliveira).

É muito difícil ganhar Campeonatos quando repetidamente e sem grande pudor se beneficia determinado Clube (no Campeonato de 2015/2016 o SL Benfica bate todos os recordes ao ter 12 jogos seguidos com erros graves a seu favor). É muito difícil ganhar Campeonatos quando nos momentos decisivos aparecem ajudas divinas a determinado Clube. Mesmo num Campeonato onde as coisas parecem estar mais equilibradas, nos momentos mais difíceis, com jogadores lesionados, jogadores castigados, com a sobrecarga de jogos, lá aparecem os anjos do apito a elevar quem precisa de um empurrão.

Naturalmente há quem veja com grande apreensão o sorteio dos árbitros, quem esteja em silêncio quanto às novas tecnologias…Não lhe interessa.

Neste segundo factor decisivo o Sporting CP está claramente em desvantagem. Não tem ajuda dos árbitros (historicamente é precisamente o contrário), não tem sorte nas nomeações, vê notas de árbitros ser tornadas públicas e em seu desfavor, está constantemente a ser castigado pelos órgãos de disciplina e não tem aliados que defendam os seus interesses (a verdade desportiva). De notar que o Sporting CP e os Sportinguistas não querem, nem nunca quiseram ser beneficiados, simplesmente não queremos ser prejudicados, enquanto vemos os outros no andor.
  • 3º Factor - Controlo da Comunicação Social:
Não devemos menosprezar em momento nenhum o poder e a influência que a Comunicação Social tem no fenómeno futebolístico.

A opinião gerada pelos canais de comunicação tem efectividade e carácter decisivo no plano desportivo, condicionado de forma indirecta resultados, ou de forma directa o normal funcionamento dos Clubes e a sua complexa gestão.

Se ao longo dos anos nos habituamos a ver uma Comunicação Social tendenciosa, parcial, servindo ideias comerciais mas, ainda assim, tentando não ultrapassar o limite que os definiria como jornais oficiais de Clube, agora todas as barreiras da vergonha e decoro foram ultrapassadas. A Comunicação Social desportiva deixou de ser um espaço para opiniões, mais ou menos parciais e apaixonadas, para se tornar num meio de propaganda, de propagação de mentiras, de agendas consertadas e/ou de interesses financeiros, sustentados por empresários e Clubes.

Para além de jornalistas, directores de jornais, comentadores, apresentadores escolhidos criteriosamente de acordo com a sua afiliação clubística, temos agora agentes/fontes/fábricas de mentiras e ou especulação com acesso directo aos canais de difusão. Já não existe o pudor de saber que a noticia é falsa, publica-se, já não há a vergonha de mentir descaradamente, publica-se, já não há a decência de confirmar a verdade, publica-se. Publica-se a mando, a soldo, alinhado com interesses de Clubes e com o objectivo de condicionar a opinião pública, e ou pressionar para tirar proveitos extra desportivos. Os exemplos são muitos e diversos:

- O endeusamento de treinadores e dirigentes, escondendo os seus esqueletos e manobras no mínimo duvidosas;
- A diabolização de treinadores (que antes eram endeusados) e dirigentes (menosprezando feitos históricos, o destaque internacional positivo e carregando apenas na tecla dos problemas e polémicas);
- A difusão de mentiras forjadas por blogues, redes sociais, sms ou e-mails;
- Permitir o direito ao esclarecimento e resposta antes de publicar apenas para um Clube, enquanto em outros casos primeiro aponta-se o dedo;
- O não destaque de investigações internacionais sérias que põem em causa negócios, dirigentes, Clubes e empresários;
- O não destaque ao papel que determinado Clube e o seu Presidente tem feito em termos nacionais e internacionais, para a defesa do Futebol e da sua transparência;
- A especulação de jogadores para baixar ou inflaccionar o preço e comissões associadas aos mesmos;
- O infindável número de contratações na calha, ou falha na contratação de jogadores que na verdade nunca interessaram (e que depois aparecem como vitórias de outro Clube);
- As polémicas e falso mau-estar constante de jogadores ou treinador de determinado Clube, abafando agressões e problemas reais de outro Clube;
- A promoção desmedida de certos jogadores versus o pouco destaque a jogadores com mais créditos e provas dadas;
- A escolha de comentadores e até de árbitros conhecidos pela sua paixão Clubista para dar opiniões sobre lances;
- O acusar constante de fomentar o clima de guerra a quem apenas se defende e denuncia a podridão (colocando tudo no mesmo saco);
- O eco dado à opinião de determinados dirigentes e comentadores associados a certo Clube versus o destaque dados aos outros;
- O abafar de queixas, denúncias de jogadores, dirigentes e árbitros que foram alvos de pressões e ou tentativas de corrupção;
- Etc, etc, etc…

Tudo isto contribui decisivamente para a criação de mitos, de “verdades” repetidas, para o condicionamento de equipas, jogadores e árbitros. Tudo isto contribui para o sucesso ou insucesso de negócios, na valorização e desvalorização de marcas, para a mobilização ou desmobilização de pessoas. Tudo isto contribui para a formação de opiniões sobre dirigentes, modelos e gestão e ou equipas técnicas.

Tudo isto é controlado com base nas agendas de Clubes, e em Portugal com base num Clube em particular. Não é difícil adivinhar quem seja…

Existe ainda um outro factor, mais recente, que pode igualmente ser adicionado - a relação com os outros Clubes. 

Temos vindo a assistir nos últimos tempos a “encontros” que vão para além da salutar competitividade que deve existir entre os Clubes. Apesar de terem sido postas em prática algumas regras, que tentam condicionar algumas manobras típicas do nosso Campeonato (ex.: tema dos emprestados e ou locais de realização dos jogos), temos vindo a assistir a aproximações, relações, favores, “fretes” e vassalagem entre diferentes Clubes portugueses.

Aqui o objectivo parece ser claro, em troca de dinheiro ou outro tipo de vantagem obscura, determinados Clubes estão dispostos a pôr em causa a verdade desportiva, não representado assim o opositor que deveriam ser, tornando-se presas fáceis e facilitando o caminho a quem não se importa de usar essas manobras para atingir um fim.

Exemplos como o Vitória FC [Setúbal] (que a precisar de pontos para não descer, abdica do calendário normal da competição, deixando o adversário descansar mais tempo), de Clubes da Madeira que utilizam instalações no Seixal para fazer estágios dos jogos no continente, de treinadores que afirmam não ser obrigatório ganhar a determinada equipa, de jogadores titulares indiscutíveis que estranhamente não são utilizados contra determinado Clube e na época a seguir estão com as cores desse mesmo Clube, de constantes auto-golos, de beberetes comemorativos entre Presidentes, de Clubes que se auto-sacrificam utilizando jogadores emprestados sabendo as sanções, ou até mesmo de jogadores de outras equipas “carregados” de dinheiro para ajudarem nos intentos de outro Clube. A promiscuidade tem sido total e a tendência parece ter vindo para ficar.

Por todos estes factores é fundamental que o Sporting Clube de Portugal, os seus dirigentes, os seus sócios e adeptos, continuem a denunciar todas as manobras sujas do Futebol português. Este é um dever dos Sportinguistas e a única forma de lutar por um futebol mais justo e transparente.

Não basta termos um grande Presidente, um grande Treinador, um grande plantel, uma massa adepta vibrante e entusiasmada, se o que vive à nossa volta fará tudo para nos prejudicar, para nos desestabilizar, condicionar ou abater.

Esta é uma guerra que todos temos de travar, em casa, no escritório, no café, nas redes sociais, nos blogues (que têm feito um trabalho tremendo), nos estádios, onde fôr. Só aí estaremos a defender plenamente o nosso Clube, o Futebol e a verdade que todos ambicionamos. Só assim conseguiremos desmontar a trapaça, a mentira e por consequência enfraquecer os nossos adversários. 

Só assim seremos Campeões!
Partilhar:
Ler Post

11/09/2016

Formação: Equipa B de João de Deus não pára de somar... derrotas | Juvenis voltam a golear | Iniciados trazem vitória tangencial de Massamá

  • Equipa B (LEDMAN Liga Pro)
A Equipa B do Sporting Clube de Portugal deslocou-se ao reduto do Varzim SC, este Domingo, em partida a contar para a Jornada 6 da LEDMAN Liga Pro, perdendo o desafio por 3-0. Ao intervalo, os leões perdiam já por 1-0.

O técnico João de Deus fez alinhar a seguinte equipa: Pedro Silva; Mama Baldé, Kiki Koyaté, Ivanildo Fernandes e Pedro Empis; Fidel Escobar (Leonardo Ruíz), Ricardo Guima e Pedro Delgado (Pedro Marques); Elves Baldé (Fábio Martins) e Bilel Aouacheria; Ronaldo Tavares.

(Em actualização)

Na próxima jornada, agenda para as 16h do próximo dia 17 de Setembro, os leões recebem a formação do Gil Vicente FC, no CGD Stadium Aurélio Pereira, na Academia Sporting, em Alcochete. 

  • Juvenis (Campeonato Nacional - 1.ª Fase - Série C)
A equipa de Juvenis do Sporting Clube de Portugal deslocou-se este Sábado ao reduto do Real SC (Massamá), em partida a contar para a Jornada 4 da Série C da 1.ª Fase do Campeonato Nacional do escalão, vencendo o desafio por claros 0-4. Ao intervalo, os leões já venciam por 0-3.

Diogo Brás (bis), Tiago Rodrigues e Bernardo Sousa foram os marcadores leoninos desta partida.

Na próxima jornada, agendada para as 11h do próximo dia 25 de Setembro, os leões recebem a formação da Assoc. Naval 1.º de Maio, na Academia Sporting, em Alcochete.

Classificação & resultados aqui.
  • Iniciados (Campeonato Nacional - 1.ª Fase - Série E
A equipa de Iniciados do Sporting Clube de Portugal deslocou-se ao reduto do Real SC (Massamá), este Domingo, em partida a contar para  a Jornada 3 da Série E da 1.ª Fase do Campeonato Nacional do escalão, vencendo o desafio por 0-1. Ao intervalo, o marcador não registava qualquer alteração (0-0).

Gonçalo Batalha foi o marcador leonino desta partida.

A próxima jornada está agendada para as 11h do próximo dia 18 de Setembro, na recepção dos leões à formação do AD Oeiras, na Academia Sporting, em Alcochete.

Classificação & resultados aqui.
Partilhar:
Ler Post

10/09/2016

Leão de caras novas defende liderança em Alvalade (3-0)

Liga NOS
Sporting CP  - 3 - 0 - Moreirense FC 

Estádio José Alvalade

Assistência
44 393

Árbitro
Nuno Almeida

Titulares: Rui Patrício; Ezequiel Schelotto, Sebastián Coates, Rúben Semedo e Bruno César; William Carvalho e Adrien Silva (cap.); Gelson Martins e Joel Campbell; Alan Ruiz e Bas Dost.
Suplentes: Beto; Jefferson e Paulo Oliveira; Elias; Lazar Marković e Bryan Ruíz; André.
Fora da Ficha de Jogo: João Pereira.
Treinador: Jorge Jesus.

Golos:
  • 27' - GOLO de Gelson Martins (1-0). Excelente passe a rasgar de William Carvalho, a encontrar Gelson Martins na sua diagonal da direita para o meio. O extremo encarou o guarda-redes e picou a bola. É o 2.º golo do jovem extremo na temporada, ambos na Liga NOS.
  • 52' - GOLO de Joel Campbell (2-0). Belo centro de Alan Ruiz, com o costa-riquenho, na marca de penalty, a cabecear solto de marcação para o fundo da baliza! É a estreia do costa-riquenho a marcar com a camisola verde-e-branca, ao 2.º jogo.
  • 57' - GOLO de Bas Dost (3-0). Foi a ferros! Cruzamento de Ezequiel Schelotto na direita, Bas Dost tenta desviar mas falha. A bola fica no seu campo de acção e, já no chão, o holandês remata para o fundo das redes. Mais uma estreia  marcar, no 1.º jogo. Estreia de sonho!
Substituições:
  • 60' - Entra  Lazar Marković. Sai Gelson Martins.
  • 67' - Entra Elias. Sai Adrien Silva. A braçadeira de capitão fica agora no braço direito de William Carvalho que, curiosamente, a entrega a Rui Patrício. O guarda-redes consta como sub-capitão na ficha de jogo - está aqui a justificação.
  • 78' - Entra André. Sai Alan Ruiz.
Disciplina:
  • 31' - Cartão amarelo para Rúben Semedo. Por falta sobre Nildo Petrolina. É a 1.ª cartolina amarela para o jovem central esta temporada.
  • 34' - Segundo cartão amarelo e consequente expulsão para Ângelo Neto, após entrada de sola sobre William Carvalho. Bem decidido por Nuno Almeida, que podia inclusivamente ter mostrado a cartolina vermelha directa.
  • 87' - Cartão amarelo para Sebastián Coates. Por falta sobre um adversário, à entrada da área leonina. É a 1.ª cartolina amarela do uruguaio esta temporada.
  • 90' + 1 - Cartão amarelo para Joel Campbell. Por falta sobre Pierre Sagna. É o seu 1.º cartão amarelo esta temporada.

Partilhar:
Ler Post

Andebol: Leões dão lição de Andebol na Bora Hora

A equipa de Andebol do Sporting Clube de Portugal deslocou-se este Sábado ao Pavilhão Fernando Tavares, para defrontar a formação do Boa Hora FC, em jogo a contar para a Jornada 2 do Campeonato Nacional Andebol 1, vencendo o desafio por contundentes 17-39. Ao intervalo, os leões venciam já por 9-20.

Igor Žabić (8); Pedro Solha (7); Ivan Nikčević (6); Pedro Portela (4); Cláusio Pedroso e Edmilson Araújo (3); Carlos Ruesga e João Paulo Pinto (2); Bosko Bjelanovic, Frankis Carol, Carlos Carneiro e Janko Božović foram os marcadores leoninos desta partida.

Na próxima jornada, agendada para as 18h do próximo dia 17 de Setembro, os leões recebem a formação do AC Fafe, no Pavilhão Municipal do Casal Vistoso.

Partilhar:
Ler Post